Páginas

domingo, 4 de dezembro de 2011

Caras e Bocas


É engraçado ver o modo como cada um age, com suas próprias diferenças, suas caras. A pessoa mostra aos outros apenas uma. Mal sabe ela as mil que tem. Não quero, nem estou, dando indiretas aqui, até porque todos nós somos assim e tenho consciência disso. Minhas amigas falam que eu sou toda meiguinha, que faz o melhor pra todos, sem maldade. Realmente, faço. Se alguém chega perto, sorriso. Se alguém chora, eu pergunto pra poder ajudar. PORÉM tem hora que eu penso se eu preciso mesmo fazer aquilo ou se é só ignorar.

Esses dias eu confirmei que uma menina me irrita profundamente, não pelo o que faz comigo, e sim pelos outros. Se eu falo mal dela? Dá até dó. Ah, quem não fala mal, né? Fico irritada, não quero papo com ela, não preciso dela. Mas se uma hora ela vier falar comigo, me dar um simples 'bom dia', me pedir algo emprestado.. eu respondo, dou bom dia e empresto. Dá pra entender? É errado fazer isso? Podem até me achar falsa por isso, mas eu faço isso como se eu não tivesse encasquetado com ela. Essa deve ser umas das minhas caras..

2 comentários:

  1. É apenas a nossa natureza humana... Você tem razão em ser assim... :-D

    ResponderExcluir
  2. Pois é, o ser humano é um tanto quanto estranho.. ahaha :)

    ResponderExcluir